“É um jogo de muita responsabilidade”

“É como uma meia final. Porque podemos ficar eliminados  ou no próximo jogo ir à final”

A analogia é do treinador Luis Castro para se referir à importância do jogo com o Chaves, face à “corrida” pela Europa com o Marítimo.

No entanto, o treinador do Rio Ave FC, considerando ser um jogo de muita responsabilidade não imputa pressão à equipa porque acredita que esta estará igual a si própria na sua postura. O rio Ave FC entra sempre em jogo com a intenção de vencer, logo, o jogo em Trás os Montes terá a mesmo propósito.