Futsal: Rio Ave FC perde em jogo polémico

O Rio Ave FC deslocou-se ao Pavilhão Universitário do Minho para defrontar o SC Braga/AAUM, a contar para a 17ª jornada da Liga Sport Zone. A formação bracarense acabou por vencer o jogo por 5-3, num bom jogo de futsal, onde a arbitragem não esteve à altura do desafio.

O Rio Ave FC alinhou com o seguinte 5 inicial: Bruno Santos, Lincon, Balão, Rúben Reis e Cristiano.

A formação rioavista entrou muito bem na partida e começou desde cedo a tentar chegar à baliza contrária. Ao minuto 18 da partida, o Rio Ave FC inaugura o marcador por intermédio de Cristiano, após uma boa jogada individual do atleta rioavista. Até ao intervalo, o Rio Ave FC “fechou” a sua baliza e foi em vantagem para os balneários.

Na segunda parte, o SC Braga/AAUM entrou melhor e marcou logo dois golos num minuto. Mesmo com os dois golos sofridos, o Rio Ave FC foi à procura do empate e conseguiu ao minuto 32 da partida, por Renato Pontes. No minuto seguinte, o árbitro da partida entendeu que Renato Pontes simulou uma falta a meio campo e mostrou-lhe o segundo cartão amarelo. Lance este da suposta “simulação” deixou marcas no joelho do nosso capitão.

Com um jogador a mais na quadra, os bracarenses acabariam por voltar à vantagem pouco tempo depois. Como é habitual nesta equipa, o Rio Ave FC não deitou a toalha ao chão e chegou novamente ao empate por Cristiano, com pouco mais de três minutos para jogar. A partir do golo rioavista, o SC Braga/AAUM optou pelo 5×4 e acabou por voltar a marcar neste sistema.

Em desvantagem no marcador, foi a vez do nosso técnico avançar com o 5×4, mas não conseguimos chegar ao empate e ainda permitimos o quinto golo bracarense que estabeleceu o resultado final.

Terminado este encontro, a formação rioavista aponta agora baterias ao Burinhosa, que será o próximo adversário na Liga Sport Zone.