CKMX7149CKMX7239CKMX8010CKMX8107CKMX8460CKMX8686CKMX8768CKMX8995CKMX9343KATA2985KATA3012KATA3253KATA3322KATA3765KATA4154
<
>

Não era assim que desejávamos começar

Um resultado negativo com 2 golos contra marca o início da Liga NOS que não queríamos.

Com muitos aspectos a serem corrigidos pela nossa equipa para acertar as agulhas de um grupo praticamente novo mas também com o esforço tremendo de tentar jogar num terreno indigno de uma 1ª Liga de futebol. Igual para as duas equipas? Sim. Mas mais penalizado para a equipa que apresenta jogadores mais técnicos e que sente claramente mais dificuldades em jogar num relvado impraticável.

Sem conseguir concretizar, O Rio Ave FC foi a primeira equipa a criar um lance de perigo.

Aos 4′ Dala remata de longe para defesa apertada do guarda-redes fogaceiro e Tarantini não chega a tempo para a emenda.

O Rio Ave FC viu o Feirense a chegar primeiro ao golo (20′) com a felicidade de um remate de longe ter desviado nas costas de Leandrinho e “traído” Léo Jardim.

Ainda na primeira parte, o Feirense chega ao segundo golo (33′) num cabeceamento de Edinho (com falta cometida sobre Eliseu) não assinalada.

Mas 6 minutos volvidos, Gelson Dala é derrubado na área e a equipa de arbitragem nada assinalou nem sequer houve qualquer indicação do VAR.

Na segunda parte as oportunidades dividiram-se, sem efeito prático para qualquer das equipas, mantendo-se o resultado de 2-0 para os da casa.