“Navegar” até à Madeira com a fé na vitória

O Nacional e o Rio Ave FC vão defrontar-se pela 37ª vez nas suas Histórias. Entre Liga principal, 2ª Liga e Taça da Liga (os Clubes nunca se encontrarão na Taça de Portugal), os números revelam que há um equilíbrio quase perfeito na distribuição dos resultados. 12 vitórias para o Nacional, 13 empates e 11 vitórias para o Rio Ave FC. A superioridade perante o adversário é revelada na condição de visitado. Assim, podemos constatar que quem joga em casa tem, historicamente, uma vantagem significativa sobre o visitante. Tome nota:

RIO AVE EM CASA JOGOS NACIONAL EMPATES RIO AVE
Total 19 5 4 10
Liga Portuguesa 11 4 2 5
II Liga 7 1 1 5
Taça da Liga 1 0 1 0

 

NACIONAL EM CASA JOGOS NACIONAL EMPATES RIO AVE
Total 17 7 9 1
Liga Portuguesa 10 3 7 0
II Liga 7 4 2 1

Como o próximo jogo é na Choupana, revelam os números que só por 1 vez, em 1996/97, o Rio Ave FC venceu o Nacional na ilha da Madeira. Mas contam também que os últimos 3 resultados na Choupana saldaram-se em empates (a zero na ultima época e a 1 golo nas duas anteriores).

Cassio, Nuno Lopes, Marcelo, Vilas Boas, Tiago Pinto; Wakaso, Bressan, Moreira;Marvin Jebor e Esmael formaram o 11 inicial, tendo entrado no decorrer da partida Diego, Tarantini e Ukra. O resultado ficou em branco para os dois lados.

Este ano, já na reta final do campeonato, regressamos à Choupana com a vontade e o objectivo de vencer, de amealhar pontos e continuar a lutar pelos nossos objectivos.