D50_8720 D50_8781 D50_8880 D50_8908 D50_8912 D50_8949 D50_8986
<
>

Tiro de Bruno Teles repõe a justiça

 

De regresso à vitórias com um dois golos fantásticos num jogo com fim electrizante frente ao Vitória de Setubal.

Vitória pela margem mínima mas com toda a justiça, frente a um adversário que não conseguiu ter jogo para contrariar o volume atacante do Rio Ave FC.

Depois de uma 1ª parte com mais de 70% de posse de bola, mas sem golos, a nossa equipa surge ainda mais pressionaste na segunda metade do jogo, procurando o golo.

Um livre “de laboratório”, à entrada da área do Vitória de Setubal, marcado por Geraldes, para o lado esquerdo (quando todos pensavam no remate directo à baliza) deixou Ruben Ribeiro com caminho aberto para o toque em jeito e de belo efeito fazendo o 1-o, aos 75 minutos.

O adversário haveria de empatar aos 83′, também num lance de bola parada, com o arbitro a assinalar fora de jogo num primeiro momento, para depois, com recurso ao video-árbitro, validar o golo considerando que o jogador do Vitória estava em linha com a nossa defesa.

Se desistir, a nossa equipa voltou a empurrar o Vitória para os seus 30 metros de campo e, na sequência de um livre do lado direito, Bruno Teles dispara um “tiro de canhão” numa muralha defensiva do adversário, fazendo o 2-1 final.

Resultado justo para a equipa que sempre procurou mais, que lutou mais e nunca desistiu.