“Vai ser um jogo muito bom e emotivo”

Luis Castro espera um jogo entre duas equipas que procuram um futebol atraente e de ataque por considerar que o Vitória encara assim também as partidas tem uma formação muito boa. Por isso, espera um jogo com emoção e positivo.

Questionado sobre as queixas e pretensa pressão criada pelo adversário à volta das arbitragens e se isso poderá influenciar o trabalho do árbitro designado para o jogo, Vasco Santos, Luis Castro confessa que esse assunto “não faz parte da minha lista da preocupações para esta partida” , demarcando-se de qualquer polémica sobre o assunto.

Na optica do treinador do Rio Ave FC, o grupo está tranquilo, não cede a pressões de qualquer natureza, mesmo quando lhe é questionado se um vitória ou derrota pode influir na luta por lugares europeus: “Pressão, são todos os jogos…O nosso objectivo, desde que eu cheguei está definido, o 8º lugar. Quando tivermos concretizado e seguro esse objectivo, então aí, sim, não terei qualquer problema em redefinir os objectivos da equipa”. Além disso, Luis Castro enaltece o facto de jogar num ambiente fervoroso por considerar que isso só favorece o espectáculo e os jogadores gostam. “O Vitória tem uma massa mais numerosa, é certo, mas os nossos adeptos são também especiais por viverem o Clube com muita paixão e proximidade”.