D50_8584 D50_8707 D50_8649 D50_8550 D50_8533 D50_8466 D50_8422 D50_8405 D50_8669
<
>

Vitória com chave de “Yuri”

Começamos pelo fim.

Pelo golo marcado por Yuri Ribeiro ao cair do pano e que fechou uma vitória de entrega total.

O “slalom” de Yuri por entre vários adversários só parou com a bola dentro da baliza do Boavista e deixou a tranquilidade num resultado conseguido com dificuldade perante um adversário que “vendeu” cara a derrota.

Miguel Cardoso havia deixado o aviso no decorrer da antevisão: “Ou damos tudo e ganhamos ou damos um pouco menos e não ganhamos nada”.

E nossa equipa teve uma atitude de entrega para superar um adversário que, segundo o seu treinador, atravessa o melhor momento da época.

Mas, logo aos 9 minutos, já o guarda-redes do Boavista estava em destaque a defender um cabeceamento de Novais.

Era o prenuncio para que aos 14 minutos, Guedes, a cruzamento de Novais conseguisse fazer o 1-o.

Na segunda metade assistiu-se a uma partida ao mesmo ritmo, com um Boavista atrevido e com um Rio Ave FC batalhado e concentrado.

Já se respiravam os últimos minutos de jogo quando Yuri, qual Maradona, decide criar uma obra de arte e faz o 2-0.

Com este resultado o Rio Ave FC isola-se mais no 5 lugar da classificação.