Vitória do Querer e do Coração

Mais do que os 3 pontos da vitória sobre o Benfica, esta noite ficou, mais uma vez, uma exibição de uma equipa que, ao longo da época e depois de 46 jogos oficiais, consegue superar um resultado que estava a ser negativo desde os 5 minutos, consegue superar a “perda” de dois jogadores por lesão ainda na primeira parte, acredita e não se intimida com o líder do campeonato, perante uma plateia maioritariamente encarnada.

Depois de, aos 5 minutos, Sálvio inaugurar o marcador, o azar surgiu com as lesões de Marcelo e de Hassan. Prince e Ukra entraram para os lugares dos dois jogadores.

Na segunda metade, os jogadores do Rio Ave Futebol Clube acreditaram sempre na vitória e não desistiram de lutar pelo melhor resultado. Diego acertou no poste deixando um dos muitos sinais de perigo que haveriam de originar os golos de Ukra, na conversão de uma grande penalidade (ficou por mostrar um cartão vermelho a Samaris pela mão na bola) e de Del Valle, que uma vez mais volta a marcar e a deixar a sua marca.

Vitória final por 2-1, com toda a justiça e dedicada aos adeptos do Rio Ave Futebol Clube, que nunca se cansaram de apoiar a equipa, mesmo estando em desvantagem. Dedicada aqueles que vestiram as cores do nosso clube e nos lembraram que esta é a nossa casa.

Hassan e Marcelo saíram lesionados e vão ser reavaliados nas próximas 48 horas. Hassan irá inclusive viajar até ao Egipto para se juntar à sua selecção e lá será avaliado pelo corpo clínico da formação nacional egípcia, no Cairo. Observado pelos responsáveis Egípcios, Hassan será, em principio, dispensado dos trabalhos da seleção de Hector Cuper e regressará a Vila do Conde para iniciar o programa de recuperação depois dos exames de diagnóstico da lesão.